Raquel Dodge deixa comando da Procuradoria-Geral da República após 2 anos

0
17

Mandato de Raquel Dodge acabou nesta terça-feira. Interino assume até o Senado votar indicação de Augusto Aras.

Após dois anos de mandato, a procuradora-geral da República (PGR), Raquel Dodge, deixou o cargo nesta terça-feira (17).

O subprocurador Alcides Martins, vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal, assumirá interinamente no lugar dela.

Martins ocupará o cargo porque o subprocurador Augusto Aras, indicado para o cargo pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, ainda não foi sabatinado pelo Senado.

Primeira mulher a ocupar o cargo, Dodge foi indicada em 2017 pelo então presidente Michel Temer. Na ocasião, o Senado aprovou a indicação por 74 votos a 1.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS