TRF-1 adia decisão sobre investigação contra defesa de Adélio

0
48

De acordo com o Tribunal, a análise do caso ficou marcada para próxima sessão, no dia 2 de outubro. 

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) adiou o julgamento sobre a possibilidade de as investigações sobre os financiadores da defesa de Adélio Bispo serem retomadas.

A análise do caso envolvendo o responsável pelo ataque à faca contra o então candidato à Presidência, Jair Bolsonaro, estava marcada para esta quarta-feira (18). O adiamento foi confirmado pela assessoria de comunicação do órgão.

Segundo o TRF-1, a análise ficou agendada para a próxima sessão, que deve ocorrer no dia 2 de outubro, informa o site Metrópoles.

O órgão confirmou que o objetivo é apurar se quem paga os honorários da defesa participou do atentado contra Bolsonaro.

Mais cedo, nesta segunda-feira (16), o presidente Bolsonaro disse no Twitter que o TRF-1 pode ser “decisivo para chegar aos mandantes da tentativa de assassinato” sofrida por ele.

“Não desejamos descobrir o conteúdo da defesa, mas elucidar o crime, como vítima e por questão de segurança nacional”, comentou Bolsonaro.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS