‘A Bíblia volta ao palácio’, diz presidente interina da Bolívia

0
19

“Foi consumado o golpe mais ardiloso e nefasto da história. Uma senadora de direita golpista se autoproclama presidente”, disse o exilado Evo Morales.

Em sessão extraordinária no Parlamento nesta terça-feira (12), a senadora Jeanine Áñez se declarou presidente da Bolívia após apontar indefinição na linha sucessória.

Áñez entrou no local com uma Bíblia na mão e declarou a jornalistas: “A Bíblia volta ao palácio”.

Um dia antes, o empresário Luis Camacho, um dos principais opositores do antigo governo de Evo Morales, já havia posado para uma foto no palácio do governo com uma Bíblia e uma bandeira boliviana.

Nesta terça, Camacho desejou “felicitações” a Jeanine como presidente interina do país da América do Sul.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS