Aumenta violência contra a Igreja Católica na Nicarágua

0
9

Daniel Ortega classificou os bispos católicos de “golpistas” por seu apoio aos protestos recentes.

A violência e o cerco aos templos católicos da Nicarágua aumentaram na segunda-feira (18).

O acirramento da repressão promovida pela ditadura de Daniel Ortega acontece após opositores iniciarem greves de fome em duas igrejas para exigir a libertação de 139 presos políticos.

A arquidiocese de Manágua, capital da Nicarágua, denunciou que partidários do regime invadiram a principal catedral do país de maneira violenta.

Ainda de acordo com a denúncia da igreja, grupos violentos também quebraram os cadeados do campanário e outros pontos da catedral.

Os bispos católicos consideraram o ocorrido uma “profanação” e pediram ao ditador Ortega que respeite pelo menos os templos religiosos, informa a agência AFP.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS