Bolsonaro precisará de 500 mil assinaturas para criar novo partido

0
319

Jair Bolsonaro abandonou o partido e poderá levar com ele quase a metade da bancada do PSL na Câmara, na criação do Aliança pelo Brasil.

A equipe jurídica do presidente da República, Jair Bolsonaro, estima que sejam necessárias 500 mil assinaturas para criação de um novo partido.

Os nomes devem ser entregues até março de 2020 ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A advogada Karina Kufa afirmou que a ideia é retirar o partido do papel a tempo de lançar candidatos a disputa eleitoral municipal do próximo ano.

Para alcançar este objetivo, a corte eleitoral teria de aprovar a legenda 6 meses antes das eleições, ou seja, até o mês de abril, segundo o portal Terra.

Bolsonaro anunciou a sua saída do Partido Social Liberal (PSL) e apresentou plano para viabilizar novo partido em reunião na tarde desta terça-feira, 12 de novembro, com deputados aliados.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS