Evo Morales fica irritado após ser questionado porque não pediu asilo político à Venezuela

0
430

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, concedeu uma entrevista à BBC News Mundo.

Evo Morales está no México após seu pedido de asilo político ter sido aceito pelo presidente Andrés Manuel López Obrador.

Numa longa entrevista, o ex-mandatário acusou a oposição boliviana e disse que a OEA (Organização dos Estados Americanos), órgão que atestou as fraudes nas urnas bolivianas, também é responsável pelo o que classificou como “golpe de Estado”.

Um determinado trecho da entrevista, porém, repercutiu nas redes sociais.

Ao ser questionado o porquê de não ter feito pedido de asilo político na Venezuela ou Cuba, Evo Morales ficou visivelmente irritado.

“Por que Venezuela? Me diga… Por que insinua isso? Tenho muitos aliados: Rússia, China, países na Europa, que nos admiram bastante, França, Espanha. A Venezuela é nossa aliada. Respeito e admiro muito. Admiro Hugo Chávez, que derrotou o golpismo, o intervencionismo e a guerra econômica. E o povo venezuelano, tenho muita admiração, assim como ao povo de Cuba, que segue firme apesar de tantos anos de bloqueio econômico. Governos de direita e esquerda me apoiaram e demonstraram sua solidariedade”, disparou.

E prosseguiu: “Mas eu peço que me passe uma gravação desta entrevista. Com você [jornalista] não é uma entrevista, com você é um debate ideológico. Estou disposto, vamos debater. Porque você fica sem argumento e pula para a Venezuela?”, finalizou.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS