‘Evo vai resistir’, disse Maduro sobre protestos na Bolívia

0
18

Maduro manifestou seu apoio a Morales, recém-reeleito para um quarto mandato na Bolívia.

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, afirmou, neste domingo (3), que seu aliado boliviano, Evo Morales, sairá vitorioso do seu embate com a oposição após controverso pleito eleitoral.

Em discurso no encerramento do Encontro Anti-Imperialista em Havana, capital de Cuba, Maduro declarou:

“Disse ao Evo: este ano me deram dez ultimatos. ‘Maduro, 24 horas, você sai, ou te derrubamos’. Vem e me derruba, então, eu digo.”

Maduro alertou que o opositor boliviano Luis Fernando Camacho deu um ultimato a Morales para que renuncie em 48 horas, como noticiou a RENOVA.

O líder chavista acrescentou:

“Este ultimato não é contra Evo, é contra o povo da Bolívia. Uma direita racista, fascista […], pior do que a venezuelana […] tentaram de tudo e não conseguiram [tirar Evo do poder].”

Segundo a agência AFP, Maduro completou:

“O índio Evo vai resistir e vai triunfar contra esta ameaça racista.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS