Família de Marielle Franco não quer Sérgio Moro nas investigações do caso

0
33

“Acreditamos que Sérgio Moro contribuirá muito mais se ele permanecer afastado das apurações”, diz a família de Marielle Franco.

A família da vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018, divulgou nota informando que discorda da postura do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Nos últimos dias, Moro passou a defender a federalização das investigações da morte da psolista e do motorista Anderson Gomes.

“O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro obteve avanços importantes e por isso somos favoráveis a que a instituição permaneça responsável pela elucidação caso”, diz a família de Marielle em nota assinada por parentes e pelo deputado federal Marcelo Freixo (PSOL).

De acordo com o texto, segundo o portal R7, Moro sempre demonstrou pouco interesse pelas investigações do crime:

“Somente após a menção ao presidente da República, Jair Bolsonaro, no inquérito, o ministro começou a se declarar publicamente a favor da federalização. Acreditamos que Sergio Moro contribuirá muito mais se ele permanecer afastado das apurações.”

Na última sexta-feira (1º), durante inauguração de uma delegacia em Curitiba, o ministro disse que “talvez seja o caso” de federalizar a apuração.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS