Google e Facebook ameaçam direitos humanos, diz Anistia

0
16
ONG afirmou que empresas ferem a liberdade de expressão

A Anistia Internacional (AI) denunciou o Facebook e o Google, nesta quarta-feira (20), por ameaçar os direitos humanos. De acordo com a ONG, o modelo de negócios das gigantes da internet é “incompatível com o direito à privacidade” e ameaça a liberdade de expressão, a não discriminação e o direito à igualdade.

– Apesar do valor real dos serviços que elas fornecem, as plataformas da Google e Facebook implicam em custos sistêmicos. Essa vigilância onipresente mina a própria essência do direito à privacidade e representa um dos desafios determinantes aos direitos humanos em nossa era. O uso de sistemas de algoritmos para criar e deduzir perfis detalhados das pessoas interfere na nossa capacidade de dar forma a nossas próprias identidades, dentro de uma esfera privada – afirma o relatório.

Ainda segundo o secretário-geral da AI, Kumi Naidoo, as duas plataformas “dominam nossas vidas modernas, concentrado poderes sem paralelo sobre o mundo digital ao recolher e monetizar os dados pessoais de bilhões de pessoas”. O Facebook discordou das conclusões de que as práticas da empresa seriam “inconsistentes com os princípios dos direitos humanos”. Já o Google contestou o relatório e forneceu documentos à Anistia Internacional.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS