Hacker Vermelho prometeu invalidar Lava Jato e libertar Lula

0
89

“Dá para soltar Lula hoje. Derrubar o MPF”, disse o hacker Vermelho à ex-deputada Manuela d’Ávila.

Há cinco meses, a Polícia Federal (PF) tenta descobrir a motivação dos hackers que atacaram autoridades brasileiras, copiaram mensagens privadas e as entregaram ao site panfletário The Intercept Brasil.

De acordo com os criminosos cibernéticos, que já foram condenados no passado por estelionato e receptação, a ação foi pautada exclusivamente pelo senso de justiça para atingir dois objetivos:

Pelo menos foi isso o que eles ofereceram formalmente à ex-­deputada Manuela d’Ávila, conforme diálogos anexados ao inquérito que apura o caso, segundo a revista Veja.

Walter Delgatti Neto, apelidado de “Vermelho”, o hacker que entrou em contato com a ex-deputada, está preso na penitenciária da Papuda, em Brasília.

“Eu entrei no telegram de todos membros da força tarefa da Lava Jato. Peguei todos os arquivos. Dá para soltar Lula hoje. Derrubar o MPF”, prometeu o hacker à Manuela.

Convencida dos “bons propósitos” do hacker, a ex-deputada comunista recomendou a ele que entrasse em contato com o militante norte-americano Glenn Greenwald, editor e cofundador do site Intercept.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS