‘Não há arrependimento’, diz deputado Coronel Tadeu que arrancou placa

0
12

O parlamentar Coronel Tadeu do PSL elogiou a exposição na Câmara e negou qualquer tipo de preconceito.

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) entrou no centro do debate político, nesta terça-feira (19), ao arrancar uma placa em um exposição na Câmara dos Deputados.

Na imagem, um policial de arma na mão caminha na frente do corpo de um rapaz negro, vestido com a camisa do Brasil e algemado.

No cartaz, lia-se a frase “O genocídio da população negra”, como noticiou a RENOVA.

O ato do deputado do PSL provocou reação imediata de deputados que acusaram o militar de ser racista.

Tadeu disse que “não há arrependimento”. Segundo ele, “quem foi atacada foi a Polícia Militar”.

“A exposição é maravilhosa, sobre racismo. Sou favorável à pauta. Mas, no meio de tanto cartaz bonito, você vê uma agressão como essa contra a Polícia Militar? Isso é inaceitável”, acrescentou ele, segundo o site UOL.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS