‘Ninguém quer adulterar nada’, diz Bolsonaro sobre caso Marielle

0
23

“O que eu fiz foi filmar a secretária eletrônica com a respectiva voz de quem atendeu o telefone”, afirmou Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, neste domingo (3), que “não quer adulterar nada” do que foi registrado na portaria do condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde possui uma residência.

Bolsonaro acrescentou que é “má-fé ou falta de caráter” acusá-lo de manipular as investigações sobre o caso da morte da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes.

Em uma rápida entrevista na saída de uma partida de futebol no Estádio Bezerrão, em Brasília, Bolsonaro declarou:

“O que eu fiz foi filmar a secretária eletrônica com a respectiva voz de quem atendeu o telefone. Só isso, mais nada. Não peguei, não fiz backup, não fiz nada. E a memória da secretária eletrônica está com a Polícia Civil há muito tempo.” 

E, segundo o site UOL, acrescentou:

“Ninguém quer adulterar nada, não. O caso Marielle, eu quero resolver também. Mas querer botar no meu colo é, no mínimo, má-fé e falta de caráter.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS