Palhaço Tiririca é investigado pelo MPF por uso irregular de passagens

0
67

Inquérito civil do MPF apura os gastos do deputado Tiririca e seus assessores com passagens aéreas.

No último dia 18 de novembro, o Ministério Público Federal (MPF) instaurou uma investigação para apurar se o deputado Tiririca (PL-SP) utilizou “verba de gabinete para realizar viagens particulares”.

Embora tenha sido eleito por São Paulo, Tiririca comprou com dinheiro público passagens aéreas para o Ceará, seu estado natal, informa a revista Veja.

Câmara dos Deputados estabelece, entre outras regras, que os recursos destinados para viagens do político não podem servir para benefício pessoal e têm de estar relacionados com o exercício do mandato ou com deslocamentos para a sua base eleitoral.

O parlamentar eleito por São Paulo costuma postar fotos em suas redes sociais divulgando shows em sua terra natal.

Somente neste ano, o seu gabinete desembolsou mais de R$ 70 mil em dinheiro público para se deslocar dezenas de vezes de Brasília para Fortaleza.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS