Polícia diz que Hong Kong ‘está à beira do colapso’

0
22

Revolta em Hong Kong foi desencadeada por um projeto de lei que facilitaria a extradição de suspeitos para serem julgados na China.

Após mais de 20 semanas de protestos, a polícia de Hong Kong disse considerar que “nossa sociedade está à beira do colapso total”, segundo declaração de um porta-voz da polícia nesta terça-feira (12).

A polícia disse ainda que “arruaceiros” mascarados cometeram atos “insanos”, como atirar lixo, bicicletas e outros destroços em trilhos do metrô e em linhas de energia suspensas, paralisando o sistema de transportes, informar o jornal Folha de S.Paulo.

A tensão em Hong Kong aumentou ainda mais depois da morte do jovem manifestante Alex Chow, 22 anos, em protesto no dia 4 de novembro.

As circunstâncias do caso permanecem indeterminadas, mas ele foi o primeiro estudante a morrer desde o início das manifestações na ex-colônia britânica.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS