Se alguém vai mudar o país é o Bolsonaro, diz Renato Gaúcho

0
40
Técnico Renato Gaúcho convidou o presidente Jair Bolsonaro para a disputa entre Grêmio e Flamengo

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (15), o técnico Renato Gaúcho disse que convidou o presidente Jair Bolsonaro para o clássico entre Grêmio e Flamengo, que acontece neste domingo (17), na Arena Grêmio, em Porto Alegre.

– Eu mandei um vídeo para ele na última segunda (11), ele me ligou segunda à noite, depois conversamos na terça-feira (12). Aproveitei e convidei para assistir o jogo do Palmeiras com o Grêmio. Ele disse que faria o possível, mas de repente estaria com a agenda um pouco cheia. Fiquei feliz por ter conversado com ele, ter retornado a ligação. É o presidente do Brasil, não é torcedor do Palmeiras, Flamengo, Botafogo, do Grêmio, ele é presidente do Brasil.

Renato aproveitou a ligação para desejar o trabalho de toda a equipe do governo, em especial o ministro Sergio Moro. Ele acredita que Bolsonaro é alguém que pode, com certeza, mudar o Brasil.

– Não sou advogado dele, mas eu sou um cidadão brasileiro, que pago meus impostos e sempre vou torcer pelo sucesso dele. E tenho certeza que, se alguém vai mudar o país é o Bolsonaro. Gostaria muito de dar um abraço nele, seria uma honra abraçar o presidente do país. Gosto muito dele, das maneiras, atitudes, de estar nos jogos. Ele é do povo, quer estar mais próximo do povo. Eu gosto dessas atitudes. Ele vai dar jeito no Brasil, é só termos paciência e dar tempo ao tempo.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS