Senador paraguaio é cassado por pedir morte de brasileiros

0
233
Ele defendeu o assassinato de 100 mil brasileiros que vivem no Paraguai

O senador Paraguay Cubas Colomes, do Paraguai, teve o mandato cassado pelo Senado após defender a morte de “pelo menos 100 mil brasileiros” que vivem no país. Na ocasião do discurso xenofóbico, Colomés também agrediu dois policiais.

A decisão de Senado acontece após a terceira punição contra o senador por mau comportamento. O parlamentar já tinha sido suspenso outras duas vezes por agressão.

Colomés é do partido Movimento da Cruzada Nacional, que defende o nacionalismo e combate a presença de estrangeiros no Paraguai.

O processo pela cassação do senador teve 23 dos 45 votos possíveis. Apenas um senador votou contra, três se abstiveram e outros 18, incluindo Colomés, se ausentaram.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS