Taison é punido por reagir a manifestações racistas

0
21
Organizações de futebol repudiaram a decisão

O jogador Taison, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, foi punido com suspensão de uma partida por ter mostrado o dedo do meio e chutado a bola em direção a torcida do Dínamo de Kiev após sofrer manifestações racistas.

Quem também recebeu punição foi o Dínamo de Kiev que será obrigado a jogar uma partida de portões fechados e pagar uma multa equivalente a 500 mil grívnia, que vale pouco mais de R$ 87 mil.

Em publicação em suas redes sociais, a Fifpro (associação internacional de jogadores) afirmou que está decepcionada com a atitude da federação de futebol da Ucrânia.

– Estamos muito decepcionados com a decisão da Associação Ucraniana de Futebol de punir Taison com um jogo. Sancionar uma vítima de racismo vai além da compreensão e joga a favor daqueles que promovem esse comportamento vergonhoso – disse o órgão.

O caso ocorreu no dia 10 de novembro em partida pelo Campeonato Ucraniano. Perto dos 30 minutos do segundo tempo, o brasileiro fez falta em um jogador do Dínamo e sofreu as ofensas racistas por parte da torcida.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS