‘Trump é uma aberração’, diz George Soros

0
68

“Estou muito orgulhoso dos inimigos que tenho”, afirmou o magnata George Soros.

O bilionário George Soros, 89 anos, é conhecido mundo afora por impulsionar a agenda globalista através de uma rede de centenas de ONGs, jornais e políticos.

Em entrevista recente traduzida pelo portal Terra, Soros demonstra mais uma vez seu complexo de grandeza ao dizer que todos os seus críticos são ditadores ou possíveis ditadores:

“Estou muito orgulhoso dos inimigos que tenho. É uma maneira perfeita de distinguir um ditador ou um possível ditador quando ele me identifica como inimigo.”

Soros admite que a sua visão de “globalismo” não é a favor da estratégia “Estados Unidos em primeiro lugar” do presidente Donald Trump, muito menos da saída do Reino Unido da União Europeia:

“Trump é uma aberração, e ele coloca claramente os seus interesses pessoais à frente dos interesses da nação.”

O magnata vê sinais de que as pessoas estão ficando cansadas de políticos com o viés direitista:

“Por isso estou prevendo de certo modo que as coisas mudarão.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS