Weintraub sobre Proclamação da República: “Primeiro golpe de estado”

0
46

E você, leitor, qual a sua opinião acerca do tema?

Nesta sexta-feira (15) completam-se 130 anos da proclamação que encerrou a Monarquia no Brasil e instaurou a República.

No início da manhã, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que o ato foi “infâmia contra Dom Pedro II” e classificou a data como o marco de um “primeiro golpe de estado do Brasil”.

Em uma série de três tuítes, Weintraub escreveu:

“Não estou defendendo que voltemos à Monarquia mas…O que diabos estamos comemorando hoje? Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História (Não estou restringindo a afirmação ao Brasil)”, disse.

E prosseguiu: “Para as feministas refletirem: o Império teve seus dois principais atos assinados por mulheres educadas, inteligentes e HONESTAS! Elas nos governaram bem antes de Dilma. A Lei Áurea e Nossa Independência foram assinadas respectivamente pela Princesa Isabel e por Dona Leopoldina.”

“Qual a melhor forma de ‘comemorar’ o primeiro golpe de estado no Brasil? TRABALHANDO! O amigo Onyx Lorenzoni convocou reunião para discutir projetos sociais. Teremos mais novidades em breve”, finalizou.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS