Brasil vai ignorar pedido da ditadura de Nicolás Maduro

0
238

Itamaraty afirma que o “Brasil não tem quaisquer satisfações a prestar ao regime ilegítimo venezuelano”.

Brasil vai ignorar o pedido feito pelo ditador Nicolás Maduro para capturar e entregar envolvidos em ataque contra bases militares da Venezuela.

Nos últimos dias, Maduro reforçou as acusações de que o Brasil estaria envolvido no ataque a bases militares ocorrido no último domingo, 22 de dezembro.

De acordo com o líder do regime chavista, os criminosos se refugiam em território brasileiro com parte do armamento roubado.

Na noite desta segunda-feira (23), Maduro dirigiu-se nominalmente ao presidente da República, Jair Bolsonaro, pedindo que o Brasil detenha os suspeitos e os entregue às autoridades venezuelanas, juntamente com as armas. Ele disse ainda que 11 pessoas foram presas, entre civis e militares desertores.

Em nota enviada ao jornal O Globo, o Itamaraty afirma que o “Brasil não tem quaisquer satisfações a prestar ao regime ilegítimo venezuelano sobre a presença de nacionais venezuelanos em território nacional”.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS