Deltan Dallagnol processa Gilmar Mendes por danos morais

0
88

“A verdade é que o autor foi – e vem sendo – publicamente humilhado pelo ministro [Gilmar Mendes]”, diz o advogado de Deltan Dallagnol.

Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, entrou com ação indenizatória de danos morais contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, por reiteradas ofensas contra ele.

Na ação movida na última semana, o procurador da República aponta entrevistas e manifestações de Gilmar em que ele teria o ofendido e pede indenização no valor de R$ 59 mil.

O advogado Pedro Henrique Xavier, que representa Dallagnol, explicou:

“A verdade é que o autor foi – e vem sendo – publicamente humilhado pelo Ministro. Impropérios na rádio, internet e durante sessões do Supremo Tribunal Federal – as quais são televisionadas. O ofensor tinha plena consciência da repercussão de suas palavras, bem como de suas consequências, eis que notório conhecedor do Direito.”

Os valores, se recebidos, serão destinados à construção do hospital oncopediátrico “Erastinho”, vinculado ao Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba, informa o portal Terra.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO