Dirceu diz que militantes de esquerda devem aprender ‘espionagem’

0
37

Durante evento na CUT, Dirceu propôs a criação de uma “rede de inteligência” de esquerda.

O ex-presidiário José Dirceu (PT) defendeu a criação de uma “Rede Nacional de Inteligência Cidadã” para monitoramento de informações e contraespionagem.

A organização seria formada por militantes de partidos de esquerda, integrantes de movimentos sociais e qualquer um que se identifica com as causas socialistas e comunistas.

A rede serviria para contrapor os órgãos equivalentes das forças armadas e das polícias, além de fazer frente às ações dos direitistas nas redes sociais.

Segundo a revista Crusoé, Dirceu mencionou o plano durante uma palestra de quase uma hora de duração no auditório da Central Única dos Trabalhadores (CUT), em Brasília, na noite desta quinta-feira (5).

A plateia era composta, entre outros, por sindicalistas, estudantes e diplomatas de Cuba, da Bolívia, da Nicarágua e da Venezuela.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO