Influenciador desabafa após não caber em cadeira: “A gordofobia me isola”

0
519

Caio Cal postou texto sobre como os ambientes não estão preparados para pessoas gordas

O influenciador digital paulista Caio Cal compartilhou em seu Instagram nesta segunda (30) um texto sobre como os ambientes não são preparados para receber pessoas gordas, impedindo-as de fazer coisas simples, como sentar, devido assentos a padronizados.

O desabafo veio acompanhado de uma foto de Cal sentado à beira da piscina. “Só a gente que é gordo sabe o quanto não caber nas coisas nos coíbe de aproveitar a vida como qualquer outra pessoa”, explica. “A gordofobia tira meu acesso e me isola, já que o mundo não foi feito para pessoas do meu tamanho.”

O jovem ainda relata que, em algumas situações, é comum se machucar devido aos espaços inapropriados. “Nessa aqui nem senti tanta dor” ou “que tudo nem fiquei com hematoma dessa vez” são algumas das colocações que, segundo ele, vem à mente em momentos como esses.

Confira o texto na íntegra, com mais de 12 000 curtidas:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Esse post é muito difícil pra mim. Só a gente que é gordo sabe o quanto não caber nas coisas nos coíbe de aproveitar a vida como qualquer outra pessoa (e nem me refiro a caber confortavelmente pq aí já é demais kkk). A gordofobia tira meu acesso e me isola, já que o mundo não foi feito para pessoas do meu tamanho. Eu que lute, né? Mas tem dia que é foda 😔 É horrível não caber em 99% das cadeiras dos lugares que vou e, infelizmente, a gente acaba naturalizando todo desconforto e toda dor. Essa cena é tão comum pra mim que até já digo: “nessa aqui nem senti tanta dor” ou “que tudo nem fiquei com hematoma dessa vez”. Sei que isso nem passa pela cabeça das pessoas porque sair de casa sem ficar com medo se a cadeira do lugar vai te caber ou não é um privilégio mesmo. A todas as pessoas gordas que estão aqui, saibam que o corpo de vocês não é errado. Errado é todo preconceito, toda humilhação corretiva e todo constrangimento que a gente passa por simplesmente existirmos. Mandar emagrecer é fácil mas QUEM SE PREOCUPA COM A SAÚDE MENTAL DE UMA PESSOA GORDA? Todo meu amor, carinho, respeito e empatia por vocês. Tamo junto 😍❤️ . #gordofobianãoépiada #gordofobia #corpolivre #bodypositive #fatpositive #fat #gorda

Uma publicação compartilhada por Caio Cal 🐢⛰⚒ (@caiorevela) em

A publicação gerou também comentários negativos de internautas, os quais Caio compartilhou posteriormente.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Essas são algumas reações que recebi no post que falei sobre como a falta de acessibilidade dos lugares nos aprisiona dentro de casa e nos tira nossa dignidade. A real é que as pessoas não tem empatia nem boa vontade de entender uma vivência diferente da dela. Ouvir e absorver? JAMAIS. Bora humilhar a pessoa gorda pra ela tomar vergonha na cara e começar uma dieta. Mandar emagrecer já é o esperado mesmo mas quem se preocupa de verdade com a saúde mental de uma pessoa gorda? Quem se preocupa com a saúde mental de uma pessoa que é humilhada e constrangida diariamente só por existir? Quem se preocupa com a saúde mental de uma pessoa que nem é vista e tratada como, de fato, uma pessoa? Quem se preocupa? 💔 . #gordofobianãoépiada #gordofobia #corpolivre #bodypositive #fatpositive #fat #gorda

Uma publicação compartilhada por Caio Cal 🐢⛰⚒ (@caiorevela) em

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO