MPF denuncia presidente da OAB e pede afastamento por calúnia contra Sérgio Moro

0
74

Nesta quinta-feira (19), o Ministério Público Federal em Brasília denunciou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Felipe Santa Cruz.

De acordo com a peça processual, Santa Cruz cometeu o crime de calúnia ao proferir declarações contra o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. O MPF também pede o afastamento de Santa Cruz do cargo de presidente da OAB.

Em junho, ele afirmou em entrevista à Folha que Moro seria “chefe de quadrilha”.

Em nota, a defesa do presidente da OAB afirma que a denúncia contra ele é um “atentado à liberdade de expressão” e fragiliza o ambiente democrático brasileiro.

O advogado de Santa Cruz, Antonio Carlos de Almeida Castro, também afirmou que vai representar contra o procurador autor da denúncia no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) por abuso de autoridade.

Cabe agora à Justiça decidir se aceita ou rejeita a denúncia contra Felipe Santa Cruz.

Para o crime de calúnia, o Código Penal Brasileiro prevê pena de 6 meses a 2 anos de prisão + multa.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO