Sérgio Moro é eleito uma das 50 personalidades da década pelo Financial Times

0
54

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, foi eleito pelo jornal britânico Financial Times como uma das 50 personalidades que moldaram os anos 2010 ao redor do mundo.

Segundo a publicação, o ex-juiz federal foi “ponta de lança de uma investigação de corrupção que balançou o establishment político da América Latina”, citando como desdobramentos a prisão do ex-presidente Lula e o envolvimento de quatro presidentes do Peru.

O jornal lembra que Moro se tornou ministro da Justiça do presidente Jair Bolsonaro.

Outros atores políticos selecionados pela lista do Financial Times foram chefes de Estado como Emmanuel Macron, Angela Merkel e Vladimir Putin, ex-presidentes como Barack Obama, ativistas como Malala Yousafzai, economistas como Thomas Piketty e o políticos como Nigel Farage, um dos principais defensores do brexit.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO