‘Sou militante, mesmo’, diz presidente da OAB

0
48
Rio de Janeiro - O presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz fala após reunião com interventor Braga Netto no CICC para tratar sobre as abordagens das Forças Armadas nas comunidades e também sobre a morte da vereadora Marielle Franco (Tomaz Silva/Agência Brasil)

“Sou militante, mesmo. Sou militante de Direitos Humanos”, reforçou Felipe Santa Cruz após críticas de Sérgio Moro.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, disse que não vai se retratar das críticas que fez aos eleitores do presidente da República, Jair Bolsonaro.

As declarações de Santa Cruz foram rebatidas pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que pediu para o jurista “abandonar a postura de militante político-partidário e as ofensas ao PR e a seus eleitores”.

Sobre a reação de Moro, Felipe Santa Cruz disse:

“Sou militante, mesmo. Sou militante de Direitos Humanos, das causas das mulheres, dos negros, e tenho muito orgulho disso. Por isso, eles não gostam de mim. Não deixarei de ser militante dessas causas, não sou obrigado. Esse é o papel da OAB.”

E, segundo o site UOL, acrescentou:

“Acho que o presidente atrai o apoio dessas pessoas pró ditadura, pró racismo, mas obviamente essa não é a totalidade dos eleitores dele. Não vou retratar-me porque ele não nega esses posicionamentos. O que eu me preocupo é com a potencialização desse grupo que representa o retrocesso, que ignora a luta das mulheres, as causas ambientais.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO