Bolívia cobra governo da Argentina após ameaças de Evo Morales

0
81

“Pedimos ao governo argentino para repudiar as práticas de Evo Morales”, disse a gestão interina boliviana.

O governo da Bolívia pediu para a Argentina repudiar as declarações e atitudes de Evo Morales.

Morales, que comandou a Bolívia durante anos, recebeu asilo político do governo de Alberto Fernández após ser acusado de fraudar as eleições em seu país.

Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira (15), a chancelaria boliviana declarou:

“Pedimos ao governo argentino para repudiar as práticas de Evo Morales, incompatíveis com a lei e a ordem pública internacional.”

E acrescentou:

“Preocupa-nos que Evo Morales induza a República Argentina a infringir normas e princípios internacionais.”

Em entrevista no início desta semana, Morales defendeu a criação de “milícias populares armadas” na Bolívia, a exemplo da ditadura da Venezuela.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO