Bolsonaro diz que imprensa ‘tem medo da verdade’

0
47

“Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar”, disse Jair Bolsonaro aos jornalistas.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, teceu duras críticas, nesta quinta-feira (16), ao trabalho dos veículos de imprensa do Brasil.

Em uma cerimônia no Palácio do Planalto, onde foram anunciadas medidas para operação destinada a receber refugiados venezuelanos, Bolsonaro declarou:

“A nossa imprensa tem medo da verdade, deturpa o tempo todo. Quando não conseguem deturpar, mentem descaradamente. E esse o livro dessa japonesa, que eu nem sei o que faz no Brasil, que faz agora contra o governo. São aqueles que o tempo todo trabalham contra a democracia, contra a liberdade.”

O livro em questão é “Tormenta: O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos”, da jornalista Thaís Oyama.

Ainda em seu pronunciamento, o chefe do Executivo acrescentou:

“Essa imprensa que está aqui agora me olhando, estou sob suas lentes. Comecem a produzir verdades porque só a verdade pode nos libertar. Essa imprensa, não tomarei nenhuma medida para censurá-los, mas tomem vergonha na cara! Deixem nosso governo em paz para poder levar paz, tranquilidade e harmonia ao nosso povo.”

Ao final, segundo o portal G1, Bolsonaro ainda disse que a imprensa “precisa começar a vender a verdade”:

“Essa é a obrigação de vocês, não é nenhum favor, não. Nós temos como mudar o destino do Brasil.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS