Bolsonaro enfatiza risco de impeachment se vetar fundão

0
45

Jair Bolsonaro disse que o veto ao fundão “daria margem para que o Presidente fosse questionado junto à Câmara dos Deputados”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a alertar, nesta quarta-feira (8), para risco de ser alvo de um processo de impeachment caso vete o controverso fundo eleitoral público.

Em uma série de mensagens no Twitter, Bolsonaro justificou a provável sanção do fundão de R$ 2 bilhões para bancar as campanhas municipais, previsto no orçamento da União de 2020.

O chefe do Executivo destacou que o veto “daria margem para que o Presidente fosse questionado junto à Câmara dos Deputados”.

Após citar trechos da Lei 1.079 de 1950, que trata dos crimes de responsabilidade, Bolsonaro enfatizou que ele pode ser acusado de “utilizar o poder federal para impedir a livre execução da lei eleitoral”.

Confira as mensagens publicadas pelo presidente do Brasil:

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS