Bolsonaro ironiza pesquisa sobre ataques à imprensa

0
59

Levantamento colocou o presidente Jair Bolsonaro como o maior responsável por atacar jornalistas

Em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro ironizou um levantamento feito pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), que alegou ser o mandatário o responsável por 121 de 208 casos de ataque contra a imprensa brasileira em 2019, ou seja, 58% do total.

Através de uma publicação feita no domingo (19), Bolsonaro compartilhou uma notícia do UOL sobre o levantamento e reagiu com “KKKKKKKKKKK”. No comentário a um seguidor que o questionou sobre a pesquisa, o mandatário ironizou a análise da Fenaj.

– Pegaram o QI médio da galera da imprensa. Deu 58 – escreveu.

O presidente fez fortes críticas contra a mídia na última semana por conta dos frequentes ataques dos jornalistas ao seu governo. Ele também reclamou da falta de publicação de pautas positivas de seu mandato nas páginas dos maiores veículos do país.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS