Mais uma igreja histórica incendiada por extremistas de esquerda no Chile

0
103

A polícia do Chile divulgou um vídeo do incêndio criminoso e lamentou a ação dos terroristas de esquerda.

Grupos de extremistas encapuzados entraram em confronto, nesta sexta-feira (3), com a polícia do Chile em torno de uma igreja na capital Santiago, enquanto em outros locais manifestantes protestavam contra o governo do presidente Sebastián Piñera.

O templo religioso, que foi fundado em 1876 e é destinado aos serviços religiosos da polícia chilena, foi incendiado durante o primeiro protesto do ano no país.

Localizada perto da Praça Itália, na capital chilena, epicentro da maioria das manifestações que começaram em outubro do ano passado, a igreja de São Francisco de Borja começou a arder após a ação do grupo de homens encapuzados, informa o jornal Gazeta do Povo.

Os encapuzados invadiram a igreja, administrada pela polícia há mais de quatro décadas, e também colocaram fogo nos móveis que levaram para a rua.

Em mensagem no Twitter publicada na noite de ontem, a polícia chilena divulgou um vídeo do incêndio e lamentou o ato de extremismo.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO