Ministra Damares dará “dia de princesa” a vítima de racismo

0
58

Governista Damares Alves afirmou que “toda menina é uma princesa”

A ministra Damares Alves, líder da pasta da Mulher, Família e Direitos Humanos, decidiu oferecer um “dia de princesa” para uma menina de 9 anos que foi vítima de racismo. Ela afirmou que “toda menina é uma princesa”.

– Será lindo! Toda menina é uma princesa! Chega de preconceito e discriminação – pediu a ministra.

A estudante Ana Luísa Cardoso, de Anápolis, Goiás, estava participando de um piquenique em um parque quando ouviu de uma desconhecida que “não existe princesa preta”. A criança estava sob um escorregador que tem formato de castelo.

Cartinha de Ana Luísa Foto: Arquivo pessoal

Ela chegou a escrever uma carta para a mãe perguntando se aquilo era verdade. Frente à discriminação, a tia da menina publicou a carta nas redes sociais e o caso ganhou notoriedade. Segundo o delegado Manoel Vanderic, a ação é criminosa.

– A ofensa direcionada exclusivamente àquela criança ou a uma pessoa especificamente, utilizando qualquer elemento de raça, cor, etnia, é tipificado no código penal como injúria racial – declarou.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO