MPF denuncia Glenn Greenwald e mais 6 por invasão hacker

    0
    38

    Grupo é investigado pela Operação Spoofing por causa de vazamentos

    Nesta terça-feira (21), o Ministério Público Federal entregou uma denúncia para a Justiça contra o jornalista Glenn Greenwald. O órgão acusa o norte-americano de invasão hacker por causa do episódio apelidado de Vaza Jato.

    O portal do jornalista, o The Intercept Brasil, divulgou trechos de conversas sigilosas entre o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e procuradores da República. Além do jornalista, outros seis também foram denunciados por invasão hacker.

    O texto da denúncia aponta que Greewald “auxiliou, incentivou e orientou, de maneira direta, o grupo criminoso. Durante a prática delitiva, agindo como garantidor do grupo, obtendo vantagem financeira com a conduta aqui descrita”.

    Todos os denunciados foram alvos da Operação Spoofing, da Polícia Federal, que investigou os suspeitos Luiz Henrique Molição, Walter Delgatti Neto, o Vermelho, Suelen Priscila de Oliveira, Danilo Cristiano Marques, Gustavo Elias Santos e Thiago Eliezer Martins.

    Alguns parlamentares, como Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Carla Zambelli (PSL-SP), comemoraram a informação nas redes sociais.

    Eduardo Bolsonaro comenta denúncia contra Greenwald Foto: Reprodução
    Carla Zambelli comemora denúncia contra Greenwald Foto: Reprodução

    CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

    COMENTÁRIOS