Orçamento 2020: Bolsonaro sanciona sem vetos

0
34

O orçamento estima a receita e fixa as despesas da União durante o ano.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, sancionou sem vetos o Orçamento de 2020.

De acordo com a Secretaria Geral da Presidência, o texto será publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (20).

Entre outros pontos, o Orçamento prevê R$ 2 bilhões para o fundo eleitoral em 2020; o salário mínimo; e o déficit nas contas públicas podendo chegar a R$ 124 bilhões.

Em outras pastas, o dinheiro do Orçamento fica dividido da seguinte forma:

  • Ministério da Saúde: R$ 135 bilhões;
  • Ministério da Educação: cerca de R$ 103 bilhões;
  • Ministério da Defesa: R$ 73 bilhões;
  • Ministério da Justiça e Segurança Pública: R$ 13,9 bilhões;
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações: R$ 11,794 bilhões;
  • Ministério do Turismo: R$ 1 bilhão;
  • Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos: R$ 637 milhões;
  • Bolsa Família: quase R$ 30 bilhões;
  • Previdência: inicialmente, a previsão é gastar R$ 677 bilhões;
  • Despesas com pessoal: R$ 344 bilhões.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS