Secretaria da Cultura exclui controverso vídeo de Alvim

0
25

O órgão disse que o vídeo foi retirado “em respeito a todos os cidadãos que se sentiram ofendidos com o conteúdo”.

A Secretaria Especial da Cultura do governo federal anunciou, na tarde desta sexta-feira (17), que retirou do ar o controverso vídeo de Roberto Alvim no qual o ex-secretário faz um discurso inspirado em palavras do propagandista nazista Joseph Goebbels.

Em mensagem no Twitter, o órgão explicou que a decisão de retirar o vídeo do ar foi tomada “em respeito a todos os cidadãos que se sentiram ofendidos” pelo vídeo.

O vídeo, no qual Alvim divulgava o Prêmio Nacional das Artes, foi publicado nas redes sociais na noite de quinta-feira (16), gerando uma revolta imediata nas redes sociais.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que Alvim fez um “pronunciamento infeliz” ao anunciar a exoneração do agora ex-secretário.

Após ver sua demissão confirmada, Alvim pediu “perdão à comunidade judaica”, pela qual alegou ter “profundo respeito”.

“Do fundo do coração: perdão pelo meu erro involuntário”, escreveu o ex-secretário da Cultura.

 

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS