Secretário da Cultura ironiza indicação de “Democracia em Vertigem”

0
51

O secretário Alvim destacou que a “guerra cultural está sendo travada” em “âmbito internacional”.

Roberto Alvim, secretário Especial de Cultura do governo federal, ironizou, nesta segunda-feira (13), a indicação de “Democracia em Vertigem” na categoria de “Melhor Documentário” no Oscar 2020.

“Se fosse na categoria ficção, estaria correta a indicação”, afirmou Alvim à coluna da jornalista Mônica Bergamo, no jornal Folha, nesta segunda (13).

Dirigido pela cineasta mineira Petra Costa, o longa-metragem da Netflix acompanha o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, de um ponto de vista favorável ao Partido dos Trabalhadores (PT).

“Isso só mostra como a guerra cultural está sendo travada não só aqui, mas em âmbito internacional”, acrescentou Alvim.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou, nesta segunda-feira, 13 de janeiro, a lista de indicações ao Oscar. Confira a lista completa.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS