Bolsonaro quer conflito armado com Venezuela, diz Maduro

0
92

O Brasil e outras dezenas de países não reconhecem a legitimidade da ditadura Maduro.

Nicolás Maduro, ditador da Venezuela, afirmou, na última sexta-feira (14), que Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, está em busca de um “conflito armado”.

Em coletiva no Palácio de Miraflores, em Caracas, segundo o jornal Gazeta do Povo, Maduro declarou:

“Bolsonaro está arrastando as Forças Militares do Brasil para um conflito armado contra a Venezuela, ao amparar um grupo de terroristas que atacou um quartel militar venezuelano.”

A declaração refere-se ao assalto de militares desertores a uma base venezuelana no sul do país, na fronteira com o Brasil, em 22 de dezembro.

Maduro descreveu Bolsonaro como “fascista” e disse que o mandatário brasileiro “está por trás das ameaças terroristas contra a Venezuela, embora os militares brasileiros não se prestem a isso”:

“Há terroristas no território brasileiro preparando ataques e incursões militares contra a Venezuela. E nós temos o direito de nos preparar.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO