Davi Alcolumbre, o “Batoré” promete combater ‘intolerância do mundo virtual’

0
70

Presidente do Senado diz segue tentando entender os “surtos de intolerância do mundo virtual”.

Davi Alcolumbre (DEM-AP), presidente do Senado Federal, alegou, nesta segunda-feira (17), estar sofrendo ataques virtuais após ter divulgado vídeo por nas redes sociais.

De acordo com Alcolumbre, o vídeo “está sendo editado e espalhado pelas redes sociais, de forma criminosa, com mensagens machistas, homofóbicas e antissemitas”.

Em uma série de mensagens no Twitter, o senador rechaçou os ataques que vem sofrendo por causa do vídeo:

“Uma crescente onda de intolerância, preconceito e desrespeito toma conta das redes sociais. […] Todos os dias, em algum lugar, alguém é ofendido gratuita e injustificadamente nas redes sociais. Definitivamente, o mundo não precisa disso.”

Alcolumbre aproveitou para dizer que o Congresso Nacional buscará “caminhos para a criminalização de atos de ódio e intolerância”:

“O Congresso seguirá trabalhando em estudos rigorosos com dados e evidências para entender esses surtos de intolerância do mundo virtual, buscando sempre a defesa dos direitos humanos e a liberdade de expressão, mas também buscando caminhos para criminalização de atos de ódio e intolerância.”

O senador completou:

“A democracia é perfeita, porém quando um pequeno grupo, e digo pequeno diante da imensidão de cidadãos que não compactuam com essas atitudes, acredita mesmo poder, impunemente, atacar, ofender e ferir quem quer que seja, todos perdem.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS