Deltan Dallagnol processa José de Abreu

0
107

“Pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia”, diz Deltan Dallagnol sobre José de Abreu.

O procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da operação Lava Jato em Curitiba, entrou com uma ação contra o ator José de Abreu por “constantemente ofender a honra e dignidade” nas redes sociais.

A ação de Dallagnol pede uma indenização de R$ 41,8 mil.

No texto do pedido de indenização, segundo O Antagonista, Dallagnol afirma:

“Ao chamar o Autor de bandido, canalha, bandido sem caráter, vagabundo, verme, bandido da pior espécie, rato, idiota, imbecil, além ainda de associá-lo como membro de um orgcrim (organização criminosa) e dizer canalha, vai para a cadeia, é evidente que o réu (José de Abreu) não exerceu qualquer direito de expressão ou de crítica, mas partiu para deliberado ataque à honra e dignidade do autor, provando ser pessoa que não convive com opiniões diversas, que desrespeita a vida alheia e debocha dos estatutos legais e institucionais do Brasil.”

Na última quinta-feira (6), o deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) também afirmou que processará Abreu por injúria.

“Canalha. Pega esse dedinho e enfia no rabo, bandido”, disse o ator em mensagem enviada a Kataguiri, como noticiou a RENOVA.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS