Empresário tacou fogo em US$ 1 milhão para não pagar pensão à esposa

0
133

“O que você afirma ter feito voluntariamente mina até os interesses de seus filhos”, disse juiz ao decretar prisão do empresário.

Um empresário canadense, 55 anos, colocou fogo em mais de US$ 1 milhão para impedir que sua ex-esposa ficasse com parte do dinheiro.

Bruce McConville vendeu algumas propriedades pelo Canadá e depois queimou o dinheiro, de acordo com o jornal Ottawa Citizen.

Em audiência judicial, McConville disse estar frustrado com o fim do casamento, que teve 31 anos de duração, e com a necessidade de pagar US$ 300 mil à ex-mulher após o divórcio.

Antes de determinar a prisão do empresário por 30 dias, segundo a revista IstoÉ, o juiz Kevin Phillips declarou:

“O que você fez é moralmente repreensível, porque o que você afirma ter feito voluntariamente mina até os interesses de seus filhos.”

O magistrado também impôs uma multa de US$ 2 mil por dia a ser paga por McConville diretamente à sua ex-esposa.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS