Folha de São Paulo se desespera com denúncias de Hans River e ataca Eduardo Bolsonaro

0
337

O jornal Folha de São Paulo acostumado a propagar fake news contra Jair Bolsonaro, em nota, respondeu da seguinte forma: “baixo nível e as insinuações ultrajantes do deputado Eduardo Bolsonaro”.

O jornal Folha de S.Paulo rebateu, nesta terça-feira (11), as denúncias feitas pelo ex-funcionário da empresa YacowsHans River do Rio Nascimento, na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News.

Em seu depoimento, Hans River disse que Patrícia Campos Melo, repórter do jornal Folha de São Paulo, se insinuou para ele em troca de informações para escrever matéria contra o então candidato Jair Bolsonaro.

“Ela queria sair comigo e eu não dei interesse para ela. Ela parou na porta da minha casa e se insinuou para entrar na minha casa com propósito de pegar matéria, ela queria ver meu computador”, denunciou Hans River.

Em nota divulgada minutos atrás, a Folha comenta as declarações feitas na CPMI das Fake News:

“A Folha repudia as mentiras e os insultos direcionados à jornalista Patrícia Campos Mello na chamada CPMI das Fake News. O jornal reagirá publicando documentos que mais uma vez comprovam a correção das reportagens sobre o uso ilegal de disparos na campanha de 2018.”

O jornal completou:

“Causam estupefação, ainda, o Congresso Nacional servir de palco ao baixo nível e as insinuações ultrajantes do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO