Governo detalha como será quarentena dos repatriados da China

0
22

Avião com brasileiros e parentes deve chegar por volta de 0h de domingo

O governo federal divulgou durante uma apresentação, na manhã desta sexta-feira (7), como funcionará o local que vai receber os brasileiros repatriados de Wuhan que ficarão de quarentena por cerca de 18 dias na Base Aérea de Anápolis, em Goiás.

Segundo o tenente-brigadeiro do ar Marcelo Damasceno, ao todo, 34 brasileiros e parentes estrangeiros serão repatriados. Incluindo os profissionais de saúde e comunicação que foram para a China, 58 pessoas estão na lista de atenção das autoridades nacionais.

Damasceno informou que a aeronave decolou nesta sexta, por volta de 10h15 da manhã (pelo horário de Brasília), de Urumqi, na China, e deve chegar por volta de 13h30 em Wuhan. A Força Aérea Brasileira (FAB) estima que as aeronaves entrem no espaço aéreo do Brasil por volta de 17h30 (de Brasília) do sábado (8) e cheguem em Anápolis por volta de 0h de domingo (9).

Antes de chegar ao Brasil, a aeronave deixará seis pessoas na Polônia, fruto de um gesto do presidente Jair Bolsonaro ao governo polonês, após o país europeu ter sinalizado que não teria condição de repatriar seus moradores. Entre eles, estão quatro poloneses, uma chinesa e uma indiana.

Já no Brasil, os repatriados ficarão em cômodos personalizados com o nome de cada morador. No caso das famílias, que são duas, a moradia será em unidades habitacionais maiores. O local, chamado de área branca, contará com diversos itens para conforto dos residentes como área de lazer, refeitório, brinquedoteca, filmoteca, videogame, atividades culturais, apresentação das bandas das forças armadas, internet, TV a cabo e copa 24 horas.

Em Anápolis, as pessoas em quarentena vão passar por três monitoramentos diários de saúde feitos pela Secretaria de Saúde local. Os moradores também terão serviço religioso, apoio psicológico e apoio pedagógico. Se algum dos repatriados apresentar sintomas suspeitos da doença será encaminhado a um local chamado área amarela, ainda na base. Em caso de piora do estado de saúde, a pessoa será enviada ao Hospital das Forças Armadas, em Brasília.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO