Rodrigo Maia critica Twitter por não controlar ‘conteúdo divulgado’

0
339

Twitter disse que já foram tomadas medidas contra quem violou as regras da rede social. Rodrigo Maia não achou suficiente o posicionamento.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acredita que o Twitter não está agindo corretamente no caso envolvendo a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S. Paulo.

Em mensagem no próprio Twitter, no último sábado (15), Maia disse que “as plataformas têm responsabilidade pelo conteúdo divulgado nas redes”.

“E não dá pra aceitar as justificativas deles”, enfatizou Maia, ao citar uma reportagem do site de extrema- esquerda BuzzFeed, que acusa o Twitter de ignorar uma “campanha difamatória” contra a repórter da Folha.

“Um dos casos de vista grossa é atuação de Allan dos Santos, dono do site de extrema-direita Terça Livre. Num tuíte publicado às 8h03 de quarta dia 12, o militante bolsonarista publicou o meme com uma imagem de prostituta, relacionando-o à jornalista da Folha de S.Paulo”, diz um trecho da matéria compartilhada por Rodrigo Maia.

Em nota oficial publicada na última sexta-feira (14), o Twitter declarou:

“O Twitter tem Regras que determinam os conteúdos e comportamentos permitidos na plataforma. No caso envolvendo a jornalista Patricia Campos Mello, já foram tomadas medidas sobre alguns Tweets e contas que violaram essas Regras, e há conteúdos ainda em processo de revisão.”

E completou:

“O Twitter condena comportamentos que tentem silenciar vozes, e o trabalho para evitar que isso ocorra está em constante aprimoramento. Avançamos em algumas frentes, como a tecnologia para identificar proativamente Tweets que violem as regras, mas sabemos que há muito a ser feito.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS