Trump anuncia morte do chefe terrorista da Al-Qaeda no Iêmen

0
72

Al-Rimi era visto como um possível sucessor de Ayman al-Zawahiri, atual chefe das operações estratégicas do grupo terrorista da Al-Qaeda.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, confirmou, nesta quinta-feira (6), a neutralização do chefe da organização terrorista Al-Qaeda no Iêmen.

Trump não entrou em detalhes, mas disse que o jihadista Qassim al-Rimi morreu em um ataque ordenado pela Casa Branca.

“Os Estados Unidos, nossos interesses e nossos aliados estão mais seguros como resultado dessa morte”, afirmou Trump.

Uma outra liderança da al-Qaeda, que não teve o nome revelado, também morreu na operação.

A imprensa norte-americana diz que a ofensiva ocorreu na última semana por meio de drones.

O método é semelhante à ação que matou o general iraniano Qassem Soleimani, em janeiro.

Em um comunicado, a Casa Branca informou que al-Rimi se alistou à Al-Qaeda na década de 1990, e atuou ao lado do terrorista Osama bin Laden, registra o portal G1.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO