Última região jihadista na Síria vira cidade fantasma

0
36

Partes da província Síria de Idlib, controlada pelos últimos anos por jihadistas, se tornaram cidades fantasmas.

A primeira imagem desta matéria é uma tomada aérea da cidade de Ariha, localizada no norte da província de Idlib, logo após ataques aéreos de forças pró-regime.

Nas últimas semanas, forças leais ao mandatário Bashar al-Assad, apoiadas pela Rússia, aumentaram suas operações militares contra Idlib, a última província sob controle jihadista na Síria.

Foto: Omar HAJ KADOUR / AFP

Os ataques aéreos constantes causaram o deslocamento de mais de meio milhão de pessoas, deixando a cidade com áreas completamente desertas, incluindo o playground abaixo em uma área residencial.

Foto: Omar HAJ KADOUR / AFP

“Desde 1º de dezembro, 520 mil pessoas foram deslocadas de suas casas, a grande maioria — 80% — delas mulheres e crianças”, disse David Swanson, porta-voz do Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários.

Foto: Omar HAJ KADOUR / AFP

Alguns prédios desabaram por causa do bombardeio implacável. Quase 300 civis morreram na província desde meados de dezembro, segundo informações da ONG Observatório Sírio para os Direitos Humanos.

Imagem: Omar HAJ KADOUR / AFP

Cidades inteiras ficaram completamente abandonadas devido aos recentes combates na província de Idlib.

O crescente número de pessoas fugindo para mais perto da fronteira com a Turquia faz deste momento um dos maiores êxodos desde o início da guerra no país em 2011.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO