Adélio Bispo é transferido para ‘local adequado’

0
93

MPF apresentou ofícios que mostram que o presídio federal de Campo Grande não possuía instalações adequadas para o tratamento de Adélio Bispo.

A transferência de Adélio Bispo para outra unidade prisional “adequada para o seu tratamento” foi autorizada pelo juiz federal Dalton Igor Conrado, da 5.ª Vara Federal de Campo Grande.

A transferência do esfaqueador do presidente da República, Jair Bolsonaro, deverá ser realizada em até 30 dias. A decisão atende pedido da Defensoria Pública e do Ministério Público Federal (MPF).

A Procuradoria entendeu que Adélio estava preso em um local que não possuía “aptidão para execução de medida de segurança imposta pela Justiça”, e por isso, sua manutenção na unidade implicaria em violação à lei e potencial agravamento dos transtornos psíquicos do agressor, destaca o site UOL.

Adélio foi absolvido do crime contra o presidente por ser considerado inimputável, ou seja, incapaz de responder pelos atos que praticou.

A prisão preventiva do extremista de esquerda foi convertida em internação psiquiátrica por tempo indeterminado.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO