Internautas se revoltam com crime do travesti Suzy e declara boicote à Globo

0
586

Os termos #BoicoteAGlobo e #GloboLixo e o nomes Suzy e Drauzio Varella figuraram entre os temas mais falados no Twitter.

A revelação do crime cometido pelo transexual Rafael Tadeu de Oliveira dos Santos, que usa o nome Suzy, gerou uma verdadeira revolta contra a Rede Globo.

Parte da revolta se deve pela forma como o Fantástico apresentou Suzy na reportagem, como alguém que foi abandonado pela família na cadeia por ser trans. Pessoas se mobilizaram na internet para descobrir o endereço de Suzy para enviar cartas e até mesmo dinheiro foi arrecadado.

Agora que a verdade veio à tona, várias pessoas se sentiram enganadas pela emissora ao esconder um crime tão hediondo. A deputada federal Joice Hasselmann prestou solidariedade aos familiares de Fábio dos Santos Lemos, que foi estuprado, morto e deixado para apodrecer por Suzy.

– Minha solidariedade aos pais e avós da verdadeira vítima. Que Deus lhe dê forças. E a Globo? Vai se retratar? – questionou Joice.

A deputada estadual Leticia Aguiar também usou as redes sociais para exigir um posicionamento por parte da emissora da Família Marinho já que a mesma divulgou o endereço de Suzy para que o público pudesse entrar em contato com o trans.

– Até o endereço para enviarem cartinhas para Suzy publicaram. Crianças já fizeram e mandaram para o local. A parte da empatia pela família que foi destroçada pelo crime que foi cometida, cadê, Globo? Eterna bandidolatria.

A deputada estadual Janaina Paschoal exigiu um pedido de desculpas por parte do Fantástico à família de Fábio. Ela acusou a Globo de retratar Suzy como vítima na história.

– Imagino a dor da família da vítima, ao sofrer uma segunda injustiça! A pessoa algoz retratada como a vítima da história! Francamente! Solidariedade a esta família duplamente agredida! O discurso hipócrita, que domina os meios de comunicação, só torna mais difícil a vida das pessoas que apenas bradam por igualdade, respeitando os demais.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO