Marina Silva abandona ‘quarentena’ de 800 dias e surge do nada

0
158

Em ‘quarentena’ desde as últimas eleições, Marina Silva (do partido Rede – puxadinho do PT) decidiu dar as caras para criticar o presidente Bolsonaro.

Como já é público e notório, Marina vive em quarentena permanente e só sai do ‘carcere privado’ de 4 em 4 anos para atrapalhar as eleições presidenciais.
Nas redes sociais, e ex-senadora classificou as ideias do presidente como “suicidas” e disse que ele [Bolsonaro] tem que parar de “infectar o Brasil”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO