Comerciante se nega a fechar bar e é preso no Espírito Santo

0
23

Um comerciante de 42 anos foi preso pela Guarda Municipal de Vila Velha, no Espírito Santo, depois de desobedecer o decreto estadual que determina o fechamento de bares no Estado.

A medida visa evitar aglomeração de pessoas e o contágio do novo coronavírus. O bar Vitalino, localizado na Avenida Saturnino Rangel Mauro, em Coqueiral de Itaparica, estava com clientes nas mesas e funcionando normalmente.

Segundo a Prefeitura do município, Bruno Vatalino se negou a fechar as portas do estabelecimento, ficou agressivo e teve quer ser contido pelas autoridades.

De acordo com os agentes, ao ser orientado sobre a necessidade do fechamento, Bruno insultou os guardas e resistiu à determinação. Ele recebeu voz de prisão imediatamente, mas não acatou. Os oficiais tiveram que usar a força para conduzir o comerciante até a viatura.

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS