Morcegos de Mianmar apresentam 6 novos tipos de coronavírus

“Muitos coronavírus podem não representar um risco para as pessoas”, alerta pesquisadora.

0
71

A proliferação da pandemia da Covid-19 desviou a atenção de cientistas do mundo inteiro para a família dos coronavírus, da qual faz parte o Sars-CoV-2.

A origem exata do vírus, que já atinge milhões de pessoas no planeta, ainda está sob investigação, mas a principal hipótese é que ele tenha surgido em morcegos na China.

Os resultados de um estudo sobre o assunto foram publicados no último dia 9 de abril no periódico científico Plos One. As pesquisas revelaram seis tipos de coronavírus nunca antes identificados em morcegos encontrados no Mianmar.

Os cientistas estimam que centenas de outros tipos de coronavírus, muitos ainda a serem descobertos, existam nesses mamíferos voadores.

Segundo a revista Galileu, a coautora do estudo, Suzan Murray, declarou:

“Muitos coronavírus podem não representar um risco para as pessoas, mas quando identificamos essas doenças precocemente nos animais, temos melhores oportunidades de investigar potenciais ameaças.”

E acrescentou:

“Vigilância, pesquisa e educação são as melhores ferramentas que temos para prever pandemias antes de elas acontecerem.”

CURTA O CONSERVADORISMO DO BRASIL NO FACEBOOK

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO PATROCINADO